"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."

Willian Shakespeare

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai."

Paulo de Tarso

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Vanderlei L. Borkoski - Vaidade






Parafraseando as palavras do Rei Salomão no livro Eclesiastes, escrevi essa poesia.


Tudo é vaidade
Enfado e cansaço
Seu amor
Seu ódio
Seu rechaço

Tudo é vaidade
Seu cuidado
Suas palavras
Seu fracasso

Tudo é vaidade
A riqueza desvairada
A pobreza arraigada

Tudo é vaidade
Seu belo corpo, sua silueta
Seu carisma, sua pureza

Tudo é vaidade
Enfado e cansaço
O que sinto o que falo
O que penso e o que exalo
Verdade ou mentira
Guerra ou paz

Tudo passa, tudo é vaidade
Vida ou morte, tanto faz

Tudo é vaidade.


Vanderlei L. Borkoski

Nenhum comentário: